MC, poeta e compositor é a definição do artista poema liricista.

Autodidata nascido em Recife Pe, Poema deu inicio a composição dos seus primeiros versos em meados do ano 2000 e tem como grandes referências Manuel bandeira, Augusto dos anjos e Miro da Muribeca, o que lhe inspira a fazer um trabalho singular desenvolvendo sua arte de forma independente
No decorrer de sua carreira musical, Poema passou por vários grupos, fazendo também diversas participações .Mas somente em 2016 Poema deu inicio ao seu primeiro EP intitulado “Versos íntimos”. Com um vocabulário que abrange diversos assuntos, sua linguagem busca inspirações literárias e cinematográficas além de vivências do cotidiano. Em 2018, Poema lança seu novo EP intitulado ‘Cronicas da lirica assassina” pela gravadora igualNErecords, selo independente. O disco vem com uma nova linha de versos, trazendo uma métrica afiada e beats bem produzidos. Salienta o artista.
Poema conta para nossa equipe exatamente como foi realizado o projeto
”Faltava exatamente uma semana para finalização  do meu primeiro EP -Versos intimos. Eu tentava de todas as formas escrever algo, mas por mais que eu forçasse a bendita inspiração não chegava.
Eu buscava inspiracoes em musicas, filmes, livros, fumei varios…heheh.
Porém, NADA!
Um dia ouvindo os beats que tinha em um pendrive, percebi que a falta de inspiracao estava realacioanada aos beats a muito tempo guardados e bastante conhecidos dos meus ouvidos.
Resolvi procurar outros beatmakers e acabei conhecendo SATIVO BEATS. 
Ele me enviou varios beats, todos muito bons, mas apenas um que tinha apenas 30 segundos me encantou.
Sativo, a principio se surpreendeu, tantos beats e fui simpatizar logo pelo  que ainda estava no projeto.
Me pediu um tempo e não demorou muito logo me enviou o beat finalizado.
O beat era tao chapado que escrevi tudo na hora e ja fui gravando. Fazia tempo que não escrevia e gravava tudo na hora.
A letra veio como um vomito, depois da indigestão causada pelas mazelas cotidianas e condições humilhantes para artistas da cena Pernambucana.
A musica passou um bom tempo compondo o repertorio das minhas apresentacoes e atualmente virou vídeo clipe.
Uma deliciosa viagem pelas ruas, pontes e avenidas do Recife. registrada pelas lentes de Fernando Baggi e a Dusolto filmes.
Confira o VideoClipe no youtube

Leave a Reply

Your email address will not be published.